Textinho curto que vale mais que um ano de terapia

Murillo Leal
3 min readFeb 8, 2023
Estar comprometido em manter-se ciente de si é um trabalho importante para ter a lucidez necessária e buscar a cura de toda e qualquer nóia que nos acompanhe por muito tempo ou toda a nossa vida.

Às vezes, não é síndrome do impostor, é que você é mesmo uma fraude e tem medo de ser flagrado.

Às vezes, seu parceiro não é tóxico sozinho, você também não sabe resolver conflitos de forma saudável.

Às vezes, você não está ainda buscando seu propósito, você apenas foge do trabalho duro e busca conforto improdutivo.

Às vezes, não é que você está atrás dos seus sonhos, só está numa velocidade alta e perigosa demais.

Às vezes, não está difícil achar pessoas legais no mundo, é você que busca problemas iguais nos mesmos lugares errados.

Às vezes, não são seus pais que te mimaram muito, foi você que nunca quis sair das asas deles e correr riscos.

Às vezes, não é que você não gosta de ler ou estudar, é que você aprendeu bem a fingir que já sabe tudo.

Às vezes, não é que a ansiedade venceu, foi você que não aprendeu a lidar com o imprevisível, pedir ajuda profissional e conviver com seus limites.

Às vezes, não é que tem você tem baixa autoestima, é que você olha mais para como você deveria ser e menos para o que quer deixar de ser.

Às vezes, não é que você trabalha demais porque ama o que faz, mas sabe que não é nada sem seu título e seus bens.

Às vezes, não é fome de vencer, é necessidade de mostrar sucesso e desejo de prova algo.

Às vezes, você não é exigente, bravo, frio ou sozinho porque a vida te faz assim, é que você é viciado na sua própria personalidade de um jeito doentio.

Às vezes não é que está preso a uma experiência traumatizante, é só uma resistência fixa às mudanças que saíram do seu controle.

Às vezes, não foi falta de terapia, mas de comprometimento consigo mesmo.

Às vezes, não foi ausência de Deus, foi o mais absoluto excesso de você, e falta de autocontrole, disciplina e renúncia de si mesmo.

Às vezes, não foi a vida que te tirou algo importante, foi você que depositou tudo em coisas passageiras.

Às vezes, não foi só o mundo que piorou, é você que foi inocente e passivo demais para botar sua vida na mão de fingimentos, circunstâncias mascaradas e garantias falsas.

Você pode até ser uma vítima do mundo, mas o que não pode é esconder-se atrás de você mesmo.

Recadinho. Estou animado para anunciar a abertura de uma nova turma para meu curso de storytelling. Ainda este mês. Será uma experiência de imersão completa nos conteúdos, com exercícios práticos, aulas ao vivo e muita aprendizagem. Não perca a oportunidade de aperfeiçoar suas habilidades e se tornar um contador de histórias ainda melhor. Inscreva-se agora!

@lealmurillo | Jornalista | Top Voice Linkedin | Palestrante e Professor | Storytelling e Conteúdo

--

--

Murillo Leal

#Jornalista e #escritor • TOP VOICE #linkedin 390 mil seguidores • Especialista em #storytelling • Colunista @rockcontent | murilloleal.com.br